Ultrassom Domiciliar
Imprensa  
  1. O que é ultrassom?
2. Qual a diferença entre ultrassom 3D e 4D?
3. O que é o exame morfológico?
4. Qualquer doença do bebê pode ser determinada quando se faz o estudo morfológico?
5. O exame 4D faz parte do estudo morfológico?
6. Quais são as vantagens de se fazer um exame de ultrassom domiciliar?
7. Qual a idade gestacional correta para fazer o exame 4D e o 3D?

8. Quais são as possíveis dificuldades encontradas na realização dos exames 3D e 4D?

1. O que é ultrassom?
É um método de diagnóstico médico onde se utiliza ondas acústicas e um computador para aquisição de imagens que são analisadas por um
médico especializado
.

2. Qual a diferença entre ultrassom 3D e 4D?
O exame 3D é uma imagem estática da superfície corporal do feto e o exame 4D é a imagem 3D em movimento em tempo real, ou seja, como se fosse uma filmagem do bebê em movimento intra-útero.


3. O que é o exame morfológico?
O estudo obstétrico morfológico analisa as estruturas anatômicas do feto intra-útero, tanto qualitativa quanto quantitativamente, onde todo o feto e útero são analisados.

4. Qualquer doença do bebê pode ser determinada quando se faz o estudo morfológico?
Não. O estudo morfológico consegue analisar 82 a 89% das alterações morfológicas possíveis em um feto, havendo, portanto patologias que não aparecem ao estudo de ultrassom.

5. O exame 4D faz parte do estudo morfológico?
Não. Caso o exame morfológico demonstre algum tipo de alteração fetal em sua superfície (face, membros) o exame 4D poderá complementar a análise da estrutura afetada.

6. Quais são as vantagens de se fazer um exame de ultrassom domiciliar?
São inúmeras, entre elas:

  • Comodidade;
  • Segurança;
  • Possibilidade de reunião de familiares (como em um Chá de Bebê, por exemplo);
  • Evitar deslocar um paciente acamado;
  • Atendimento personalizado;
  • Escolha do horário e do dia do exame;
  • Economia de tempo;
  • Entrega do exame imediatamente ao término do exame;
  • Entre outras...

7. Qual a idade gestacional correta para fazer o exame 4D e o 3D?
Não existe uma data exata para fazer o exame. Até 14 semanas é possível ver o feto inteiro em uma única imagem, embora os seus traços ainda não estejam totalmente definidos. Quando o feto é maior a sua visualização é feita em partes, mas com maior definição. Sendo assim o melhor período é entre 26 e 30 semanas. A partir de 35 semanas o exame fica comprometido devido ao espaço e quantidade de líquido amniótico.

8. Quais são as possíveis dificuldades encontradas na realização dos exames 3D e 4D?
I - Pouco líquido amniótico ao redor da face do bebê, dificultando a formação da imagem.
II - Posicionamento do feto, onde o mesmo pode se apresentar com a face encostada na região de parede uterina posterior, dificultando a formação da imagem.
III - Pouca idade gestacional (menos de 20 semanas) onde a imagem facial ainda se apresenta imatura ou idade gestacional avançada (maior que 35 semanas), onde tanto pelas dimensões fetais quanto pela diminuição de líquido amniótico no terceiro trimestre o exame fica comprometido.
IV - Membros ou cordão umbilical se interpondo na frente da face fetal.


  Topo